HMI realiza ação de conscientização sobre câncer de mama

Especialista da unidade do Governo de Goiás alerta para importância do autoexame e de realizar exames, como a mamografia, anualmente, após os 40 anos

Colaboradores do HMI participam da palestra com ginecologista e obstetra Túlio Sardinha

O câncer de mama é o tipo de tumor mais incidente em mulheres no País, depois do câncer de pele não melanoma, mas com alta chance de cura quando descoberto precocemente. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima ocorrerão 66.280 casos novos da doença em 2021, o que equivale a uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100 mil mulheres.

Para alertar os colaboradores sobre a prevenção e diagnóstico precoce, o Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), por meio da sua Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), promoveu, na quinta-feira (28/10), palestra com o ginecologista e obstetra Túlio Sardinha.

Durante todo este mês, a cor rosa esteve presente na unidade da Governo de Goiás em vários  monumentos, objetos, roupas e acessórios. Tudo para lembrar o movimento mundial de conscientização para o controle do câncer de mama, a campanha Outubro Rosa. O auditório ganhou decoração especial e os colaboradores se vestiram com a cor rosa, símbolo da campanha.

Este ano, a campanha do Inca no Outubro Rosa tem como focos principais a prevenção primária (ações para reduzir os fatores de risco) e a detecção precoce. Para fortalecer essa ação, o palestrante explicou o que é o câncer de mama e a importância de atividades que estimulem a prevenção da doença. “É grande a possibilidade de cura da doença, desde que seja identificada em fase inicial”, enfatizou o médico.

Fatores de risco
Túlio Sardinha também informou sobre os fatores de risco, como idade avançada, primeira menstruação antes dos 12 anos, histórico familiar, sedentarismo, obesidade, entre outros. “Estejam atentos. Se cuidem, procurem uma avaliação médica, façam os exames regularmente e previnam-se”, destacou o médico, que ainda respondeu as dúvidas dos participantes. No encerramento, médico recebeu um mimo do cipeiro e coordenador do Núcleo Interno de Regulação (NIR), Assuero Seixas, em agradecimento pelos esclarecimentos.

No evento, houve ainda distribuição de bombons com cartão e lacinhos para motivar e lembrar da Campanha Outubro Rosa. Os participantes aprovaram a ação. “Foi extremamente importante. Esclareceu as nossas dúvidas”, afirmou a coordenadora de Recursos Humanos, Fábia Mendonça. “Saímos do auditório muito mais instruídos sobre o câncer de mama”, pontuou a colaboradora Ana Márcia.

"Nosso intuito foi promover conscientização com mais informação e assim contribuir com a saúde e qualidade de vida dos colaboradores do HMI", destacou o presidente da Cipa, Júnior César Guimarães.

Marilane Correntino (texto e foto)

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.