HGG e Fundação Banco de Olhos promovem mutirão do diabetes no Cead

Meta da ação é realizar exame de retinografia em 500 pacientes do CEAD até o dia 17 de novembro

O Hospital Estadual Alberto Rassi - HGG e a Fundação Banco de Olhos de Goiás (Fubog) realizam, durante o mês de novembro, um mutirão de exames de retinografia em usuários do Centro Estadual de Atenção ao Diabetes (Cead). Serão atendidos cerca de 500 pacientes que estão regulados e fazem acompanhamento na unidade do Governo de Goiás, e que farão exame de retinografia, feito com um retinógrafo portátil, disponibilizado pela Fubog.

A médica oftalmologista da Fubog, Luciana Barbosa, explica que o exame consiste numa foto do fundo do olho que será analisada pelos retinólogos, especialistas em retina, e que irão fazer a leitura dessa foto para identificar se o paciente tem alteração do diabetes na retina. "Pacientes que têm retinopatia diabética grave ou proliferativa, que é quando o diabetes acomete a retina, serão encaminhados para a Fubog para receber atendimento multidisciplinar", explica.

Segundo a gerente do Cead, Cristina Pereira, estão sendo atendidos os pacientes que já haviam sido encaminhados para a especialidade de oftalmologia.  "Iniciamos os atendimentos no último dia 3 de novembro e vamos seguir até o dia 17 de novembro, tomando todos os cuidados necessários para que não aconteça nenhum tipo de aglomeração."

Patrícia Moreira, 43 anos, descobriu há três anos que tem diabetes e desde então está fazendo acompanhamento no Cead. Ela conta que além do atendimento médico, também é acompanhada pela nutricionista. "Essa é segunda vez que faço o exame de fundo de olho. Da primeira estava tudo certo, agora estou repetindo para saber se houve alguma mudança. O atendimento aqui é muito bom, bem diferenciado de outros lugares em que já fui atendida".

Sebastião de Souza, 76 anos, conta que participou do mutirão em 2020 e que este ano fez questão de vir de novo. "Eu já faço atendimento no HGG há muitos anos e agora a médica me encaminhou para fazer esse exame, ano passado eu fiz, agora estou repetindo para saber se continua tudo bem", disse.

HGG e Banco de Olhos promovem mutirão do diabetes no CEAD.

A diretora de enfermagem do HGG, Natalie Alves, destaca que este é o segundo ano de parceria entre o Cead e a Fubog. "Tivemos um resultado bastante positivo em 2020 com vários pacientes atendidos durante o mutirão, por isso, este ano estamos repetindo a ação e garantindo um atendimento rápido e eficaz aos pacientes do Cead que aguardavam esse atendimento na Rede de Atenção à Saúde", explica.

Texto Thalita Braga/Idetch
Foto: Divulgação

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.