“Os sistemas de informação em saúde no Brasil: dos boletins às fake news” é tema da programação da Jornada Científica da SES-GO

 1ª Jornada Científica Nacional e 5ª Jornada Científica da SES-GO vai apresentar mesa virtual sobre o tema, em evento nos dias 24 e 25 de novembro

No momento em que a ciência popularizou-se nas redes sociais e no mundo digital, consequência da pandemia causada pela COVID-19, a publicação de boletins oficiais sobre a doença virou rotina. As redes sociais, por sua vez, foram invadidas por especialistas da área, que divulgavam, em tempo real, informações sobre o novo coronavírus, ciência e pesquisa. E, por outro lado, por leigos e curiosos divulgando informações erradas ou distorcidas, as chamadas fake news.

Para debater essa a nova realidade, a 1ª Jornada Científica Nacional e 5ª Jornada Científica da SES-GO vai apresentar mesa virtual sobre os sistemas de informação em saúde no Brasil: dos boletins oficias às fake news. O evento vai contar com dois especialistas para falar sobre o assunto: Alexandre Meyer Luz, doutor em filosofia pela PUC do Rio Grande do Sul, professor e coordenador do programa de pós-graduação da Universidade de Santa Catarina e o chefe da Comunicação Setorial da SES-GO, Pedro Henrique Ferreira, que tem atuado na linha de frente da comunicação estadual durante a pandemia.

Sob um ponto de vista filosófico e nada convencional, Dr. Alexandre Meyer Luz vai falar sobre a Filosofia da Fake News: verdade, conhecimento e poluição informacional. O estudioso traz uma bagagem dentro da comunicação digital: já participou duas vezes do podcast Filosofia Pop e desenvolveu um especial sobre filosofia e redes sociais em seu canal do youtube.

O chefe de comunicação setorial da SES-GO, Pedro Ferreira, por sua vez, traz o relato de sua experiência à frente do cérebro informacional da Secretaria de Estado de Saúde de Goiás. “Desde o início da pandemia enfrentamos muitos desafios para garantir a assertividade das informações e enfrentar as notícias falsas. Além de assessorar a imprensa com dados e produzir conteúdo para mídias sociais e outras plataformas, foi necessário expandir e se adaptar a novas ferramentas para contato com o público, como a produção de ‘lives’ sobre diversos temas inerentes à Covid-19, por exemplo”, destaca.

Outros temas

A modernização da vacina e o impacto da COVID-19 no desenvolvimento de tecnologias de ciência e pesquisa; saúde mental do trabalhador e do pesquisador na área da saúde e o impacto da COVID-19 na educação em saúde no Brasil são temas que também serão discutidos durante o evento.

Em sua 5ª edição, a Jornada já conta com mais de 150 inscritos. Além das mesas virtuais de debates, a Jornada vai contar com a apresentação de trabalhos científicos. Até o momento 47 artigos já foram submetidos e estão sendo avaliados, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Edital da Jornada.

Para se inscrever como participante, basta acessar a página do evento clicando AQUI.


PROGRAMAÇÃO DAS MESAS VIRTUAIS – JORNADA CIENTÍFICA DA SES-GO

Mesa virtual 1: A modernização da vacina e o impacto da COVID-19 no desenvolvimento de tecnologias de ciência e pesquisa

Dr. Célio Lopes Silva (USP – Ribeirão Preto): Os desafios no processo de desenvolvimento de uma vacina contra o coronavirus

Dra. Ana Paula Junqueira Kipnis (IPTESP-UFG): O processo de desenvolvimento de vacinas e expectativas para o futuro

Mesa virtual 2: Os sistemas de informação em saúde no Brasil: dos boletins oficiais as “fake news”

Dr. Alexandre Meyer Luz (UFSC): A Filosofia das Fakes News: Verdade, Conhecimento e Poluição Informacional"

Pedro Henrique Ferreira (COMSET/SES-GO): Os desafios no desenvolvimento de peças comunicacionais sobre a Covid-19 em Goiás

Mesa virtual 3: Saúde física e mental do trabalhador e do pesquisador na área da Saúde

Dra. Cristina Lopes Afonso (ESEFFEGO/UEG): Saúde física no home-office durante a pandemia de Covid-19

Dr. Leornardo da Silva Prestes (HGG) Impactos psicológicos da pandemia nos profissionais de saúde e população em isolamento

Mesa virtual 4: O impacto da COVID-19 na educação em saúde no Brasil: o desenvolvimento de novas metodologias e ferramentas de ensino-aprendizagem

Dr. Alaim Souza Neto (UFSC): FORMAÇÃO, CURRÍCULO E ESCOLA: Os desafios da integração das tecnologias em contextos educativos formais

Texto: Gabriela Dutra

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.