Governo de Goiás reforça compromisso com saúde das populações específicas no Dia da Consciência Negra

Celebrada neste sábado (20/11), data contribui para promoção da saúde da população negra, quilombola e religião de matriz africana nos 246 goianos

O Dia da Consciência Negra, comemorado neste sábado (20/11), é um momento de reflexão sobre a importância da atenção à saúde dessa população no território goiano. O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), conta com uma área técnica que desenvolve assessoramento para promoção da saúde da população negra, quilombola e povos de terreiro e matriz africana, nos 246 municípios. 

A subcoordenação de Atenção à Saúde da População Negra (Saspnegra) trabalha em conjunto com as 18 Regionais de Saúde para subsidiar ações para implementação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra em todo território goiano. A responsável pelo setor, Fabíola Rosa Santos, explica que o Estado trabalha para garantir o acesso desse público às ações e serviços de saúde, de forma humanizada, e reforça que promover o trabalho de educação em saúde dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) é fundamental nesse processo.

“A SES-GO cumpre, em parceria com os municípios goianos e as Regionais de Saúde, um papel fundamental para assegurar o acesso e a manutenção da pessoa negra aos serviços de saúde”, explica a subcoordenadora Fabíola.

Ações na pandemia
Desde o início da crise sanitária do coronavírus, a saúde estadual desenvolve ações de prevenção e monitoramento da Covid-19 na população quilombola em todo o Estado. Além da produção de notas técnicas, que orientam os gestores do SUS nos municípios, foram realizadas reuniões de acompanhamento, formação e orientação diretamente com as lideranças quilombolas.

Em dezembro de 2020, a SES-GO e esses parceiros deram início a um levantamento populacional quilombola para maiores de 18 anos. Um dos resultados obtidos na ação foi que os dados contribuíram para definir a quantidade de doses de vacina contra a Covid-19 necessárias para proteger essa população, enquadrada como grupo prioritário pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. 

Dados preliminares da Saspnegra apontam que 81% dessa população foi vacinada com a primeira dose da vacina e 71,4% já está totalmente imunizada com duas doses ou com a dose única. Já em relação à população autodeclarada preta ou parda em Goiás, 1.689.384 receberam a primeira dose e 1.192.479 completaram o esquema vacinal contra a Covid-19.

Educação continuada
No trabalho de retomada das atividades presenciais, a Saspnegra também participa da 1ª Jornada de Promoção da Equidade em Saúde e Cuidado às Populações Específicas em Cachoeira Dourada, na Regional de Saúde Sul. A ação realizada pela Superintendência de Saúde Mental e Cuidado a Populações Específicas da SES-GO, em parceria com a SMS do município e a Faculdade de Medicina Imepac, realiza a formação em serviço e educação continuada das equipes de saúde e profissionais de educação do município, estudantes e lideranças locais.

Durante o encontro, que se encerra neste sábado (20/11), Fabíola Rosa dos Santos aborda a saúde da população negra e quilombola e fala sobre racismo, preconceito institucional e a luta do povo negro. “Trabalhamos a Atenção à Saúde dentro das especificidades da pessoa negra, quilombola e religião de matriz africana para garantir acesso integral aos serviços de saúde”, explica.

Já em Faina, na Regional de Saúde Rio Vermelho, na sexta-feira (19/11), a Saspnegra realizou a 1ª Oficina sobre o cadastro da população quilombola e outras populações específicas nos formulários do SUS. A formação serviu para orientar os membros das Equipes de Saúde da Atenção Primária, em especial os agentes comunitários de saúde. Esse trabalho permite que os profissionais realizem o cadastro adequado dessas pessoas para garantir atendimento integral e de qualidade, além de facilitar o planejamento de ações estratégicas.

Felipe Cordeiro/Comunicação Setorial

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.