Colaboradores do HDS surpreendem familiares no Dia da Gentileza 

Unidade do Governo de Goiás realiza ação Para quem vai sua gentileza hoje? em que profissionais realizam um gesto de carinho a um parente

Ivonete Martins ao telefone com a mãe, que recebeu um tênis como uma das gentilezas da filha

Emoção e surpresa marcaram o Dia da Gentileza no Hospital Estadual de Dermatologia Sanitária - Colônia Santa Marta (HDS). Ciente da importância da família para cada colaborador, a unidade do Governo de Goiás aproveitou a temática ‘gentileza’, trabalhada durante este mês, e realizou a ação Para quem vai sua gentileza hoje? Na ocasião, os profissionais foram convidados a ligarem ou enviarem  mensagens para um familiar, oferecendo um ato gentil.

A gentileza é uma forma de humanizar e fortalecer as relações humanas, e quando colocada em prática, evidência o valor do outro e também da organização. A gentileza aplicada ao reconhecimento do colaborador faz toda a diferença para o bem-estar emocional. Um obrigado, uma carta de agradecimento são gestos sem ônus e que promovem um ambiente de trabalho prazeroso.

“É claro que a gentileza é um gesto que precisa ser praticado diariamente, mas na maior parte do tempo, envolvidos na rotina do dia a dia, deixamos a desejar nesse gesto com nossa família. Hoje é um dia para lembrar especialmente daqueles que fazem nossa vida mais florida, nossos familiares”, destaca a diretora-geral do HDS, Lívia Evangelista da Rocha Aguilar.

Foram exemplos de ações de gentileza realizadas por profissionais da unidade: A mãe da nutricionista Aline Mayara Ferreira Martins recebeu, como gesto de gentileza, uma escova no cabelo. O analista de TI Roald Miashiro Borges ligou para a mãe e disse que levaria o jantar, mas a mãe preferiu a participação do filho na reza do terço.

A técnica em farmácia Merani da Rocha Maia, por sua vez, preparou o café da manhã para o marido. O agente administrativo Gilson Henrique de Mesquita comprou a refeição que a mãe mais gosta, sanduíche. Já a copeira Ivonete Rodrigues Martins comprou um tênis para a mãe.

Naiclea Silva (texto e foto)/Agir

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.