HEANA completa 17 anos com mais de 1 milhão de atendimentos na atual gestão

A unidade é referência na assistência em saúde, com atendimento voltado à população na região de saúde dos Pirineus e da macrorregião centro norte, abrangendo mais de 60 municípios

O dia 5 de agosto além de ser o Dia Nacional da Saúde, e da Vigilância Sanitária, voltado para a conscientização sobre a importância dos cuidados com a saúde e de reflexões sobre o nosso sistema de saúde, é marcado também por ser o dia em que o Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo - HEANA completa 17 anos de existência.  

Unidade de saúde do Governo de Goiás, pertencente à rede assistencial da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Heana cumpre seu propósito no Sistema Único de Saúde de atender com excelência aqueles que chegam até a unidade.  Os principais atendimentos são os traumas -o Heana é uma unidade de assistência especializada em média e alta complexidade em urgência e emergência, clínica cirúrgica e clínica médica. A

Além de receber pacientes via regulação, é porta de entrada de urgências e emergências 24 horas por dia. A assistência oferecida inclui  urgências cirúrgicas nas seguintes áreas: cirurgia geral, ortopedia/traumatologia, neurocirurgia e cirurgia vascular. As urgências clínicas abrangem todos os casos clínicos considerados emergenciais, exceto na especialidade de cardiologia. 

Desde o início do contrato de gestão da Fundação Universitária Evangélica com a SES, em novembro de 2019, a unidade já realizou mais de um milhão de procedimentos  são mais de 75 mil pessoas atendidas.

Sobre o HEANA
O Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo – HEANA foi inaugurado em agosto de 2005, sendo iniciada a gestão pela Fundação Universitária Evangélica - FUNEV em novembro de 2019. É um projeto piloto de excelência no Estado de Goiás em assistência médica e hospitalar nas especialidades de cirurgia geral, traumato ortopedia, clínica médica, neurocirurgia, cirurgia vascular, cirurgia buco-maxilo-facial, radiologia e anestesiologia.

O hospital conta com 132 leitos, sendo 51 de Unidade de Terapia Intensiva – UTI e 81 de enfermaria. A unidade possui mais de 1000 colaboradores, entre celetistas e terceirizados, que, somados à estrutura física e protocolos implantados, oferecem internações clínicas e cirúrgicas, consultas e procedimentos eletivos, serviços de apoio e exames laboratoriais, gráficos e de imagem.

Vários examos como radiologia, tomografia, ultrassonografia, ecodoppler e uma agência transfusional compõem o rol de serviços do hospital. Toda a estrutura física e de recursos humanos, é voltada a um atendimento integral, humanizado e sistêmico do paciente, valorizando-o em sua jornada e priorizando a criação de valor.

Texto e Foto: Hariane Rodrigues e Felipe Homsi/Funev/SES-GO