Governo de Goiás cria força-tarefa para fiscalizar contratos de gestão com OSs

Coordenadas pela CGE, com a participação de profissionais da SES-GO, as análises de 30 contratos deverão ser concluídas até 31 de dezembro

O Controlador-Geral do Estado, Henrique Ziller e o secretário da Saúde, Sandro Batista instalaram nesta quinta-feira (6/10) a força-tarefa instituída pelo governador Ronaldo Caiado para fiscalizar a atuação das Organizações Sociais na área da saúde

O governador Ronaldo Caiado instituiu uma força-tarefa para fiscalizar os contratos de gestão mantidos pela Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) com organizações sociais (OSs). O decreto 10.154, de 5/10/2022, assinado pelo governador, determina que a força-tarefa será coordenada pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) e  integrada por profissionais da SES-GO e da Delegacia-Geral da Polícia Civil.

O Controlador Geral de Goiás, Henrique Ziller e o Secretário de Estado da Saúde, Sandro Rodrigues, reuniram os técnicos da força-tarefa nesta quinta-feira, (6/10), na sede da SES-GO, para iniciar os trabalhos, que vão avaliar 30 contratos de gestão em andamento com as OSs até o dia 31 de dezembro deste ano. 

O objetivo da ação é aumentar a transparência, qualificar os procedimentos e agregar valor aos contratos de gestão, para melhorar o acesso e o atendimento de saúde à população goiana. Serão fiscalizadas a precificação/custos dos contratos de gestão e a execução das metas pactuadas entre o Estado e as OSs.

Fotos: Iron Braz

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás