Solenidade no HMI marca entrega de novo PSP e nova UTI Pediátrica

Em solenidade nesta terça-feira (26 de janeiro) de manhã, o Hospital Materno Infantil (HMI) entregou à população as novas instalações do novo Pronto Socorro de Pediatria (PSP) e a nova UTI Pediátrica. Os locais foram reformados, modernizados e adequados à legislação vigente do Ministério da Saúde, da Vigilância Sanitária e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Ao todo, o investimento foi de R$ 3.037.273,30 para reforma geral e aquisição de mobiliário hospitalar para a recepção, PSP e UTI Pediátrica. As obras foram custeadas pelo governo de Goiás e coordenadas pela organização social que administra o HMI, o Instituto de Gestão e Humanização (IGH).

Na ocasião, o governador Marconi Perillo; o secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela; o presidente do Conselho de Excelência das Organizações Sociais, Nion Albernaz, e outras autoridades, colaboradores e representantes de classe convidados percorreram o novo espaço acompanhados pelo superintendente geral do IGH, Paulo Bittencourt, e pela diretora geral do HMI, Rita Leal.

A importância estratégica do hospital e novidades para o HMI foram destaque na cerimônia. Para Marconi, o empenho estatal na área da saúde tem apresentado resultados para a sociedade. “Estamos vendo hoje algo concreto, com qualidade, humanização e respeito para mães, para crianças e para a família. Me sinto motivado quando vejo as coisas acontecendo”, afirmou. Segundo ele, o compromisso nessa área está mantido. “Vamos continuar fazendo a nossa parte com amor, carinho e honestidade não apenas no sentido de não se apropriar do dinheiro público, mas também intelectual em relação a buscar sempre o melhor”, acrescentou. O governador ainda anunciou a transformação do antigo prédio da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), ao lado do hospital e já desocupado, em um Ambulatório de Especialidades Pediátricas do HMI.

O secretário de Saúde citou outros locais que serão alvo de intervenções. De acordo com Leonardo Vilela, o próximo passo é a reforma do Pronto Socorro da Mulher e do Ambulatório de Ginecologia e Obstetrícia. “Cuidamos das crianças e agora cuidaremos das mães para oferecer as mesmas condições de atendimento, conforto, estrutura física, de equipamentos de última geração”, afirmou. Posteriormente, as intervenções serão no centro cirúrgico. O superintendente do IGH, Paulo Bittencourt, ressaltou a coragem e o esforço do governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, ao implantar o modelo de OSs. “O IGH está no HMI desde 2012 e desde então proporcionamos avanços e melhorias significativas em toda estrutura do hospital. No entanto, queremos mais para a parte física, de equipamentos, de sistema e de implantação de novas técnicas. Hoje, temos um espaço de qualidade e acolhedor que pode receber os pacientes com dignidade”, disse.

Para a diretora geral do HMI, Rita Leal, o apoio e colaboração de todos, em especial dos funcionários, foi essencial para a concretização do novo PSP e da nova UTI Pediátrica. Os novos espaços foram reformados sem deixar de atender os pacientes e sem reduzir atendimento, que ocorreu em contêineres temporários localizados na lateral na unidade. Emocionada, Rita enfatizou que não houve ampliação de leitos, no entanto a mudança do paradigma de que a internação hospital deve ser em um ambiente hostil. Agora, os espaços são humanizados com ambiência trabalhada para diminuir o nível de estresse para aqueles em busca da cura de uma enfermidade longe do ambiente familiar. “É com muita alegria, satisfação e emoção que estamos entregando esse novo espaço. O HMI tem histórias que se confundem a das crianças. Meu coração e o HMI estão em festa”, celebrou.

Mudanças - Ambos os espaços receberam decoração com motivos infantis e climatização, pintura geral, troca da rede elétrica e hidráulica, do piso, de portas e janelas, entre outros serviços. No PSP, houve troca do mobiliário, criação de dois isolamentos, climatização, reforma do posto de enfermagem e também dos leitos de observação, da sala de coordenação, do conforto médico, dos repousos, da sala de reanimação, do apoio administrativo, da copa e dos consultórios, que agora possuem banheiros. Já na UTI Pediátrica, a reforma englobou a readequação e modernização dos 10 leitos por meio de intervenções na área de internação, vestiários, sala de coordenação, repousos, copa e porto de enfermagem. A unidade possui 10 leitos de UTI Pediátrica, 30 Unidades de Cuidados Intermediários e 8 leitos de UTI Neonatal. A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, unidade de retaguarda do HMI, possui 10 leitos de Cuidados Intermediários; além de outros 10 leitos de UTI Neonatal alugados no Hospital Vila Nova, também retaguarda ao HMI.

Fonte: Assessoria de Comunicação do HMI

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.